Guardado por 36 anos, Passat Pointer GTS segue 0km em 2024

5
95049

Nos anos 80, o Volkswagen Passat Pointer GTS era mais do que apenas um carro. Era um ícone de luxo e esportividade, desenhado por ninguém menos que Giorgetto Giugiaro e capaz de atrair olhares por onde quer que passasse. Lançado em 1984, marcou uma era na indústria automotiva, tornando-se objeto de desejo de muitos apaixonados por carros.

Passat Pointer GTS 1988 / Foto: Reginaldo de Campinas
Passat Pointer GTS 1988 / Foto: Reginaldo de Campinas

Hoje em dia, encontrar um exemplar desse clássico em bom estado de conservação é uma verdadeira procura pelo tesouro perdido. No entanto, há exceções que nos fazem acreditar que tal preciosidade ainda pode ser encontrada.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Recentemente, o entusiasta de raridades automotivas Reginaldo de Campinas compartilhou em seu canal do Youtube uma descoberta que deixou muitos aficionados por carros boquiabertos: um Passat Pointer GTS 1.8, ano 1988, ainda com 0km rodados e totalmente original de fábrica.

Passat Pointer GTS 1988 / Foto: Reginaldo de Campinas
Passat Pointer GTS 1988 / Foto: Reginaldo de Campinas

O Tesouro Automotivo

O Passat Pointer GTS 1988, revelado por Reginaldo, é mais do que apenas um carro bem conservado. É um verdadeiro tesouro automotivo, guardado por 36 anos e mantido imaculado ao longo das décadas. Todos os acessórios originais de fábrica estão intactos, desde os bancos Recaro até os mínimos detalhes do interior. Os plásticos protetores ainda envolvem os bancos, como se o tempo não tivesse passado para este exemplar raro.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

A descoberta deste Passat Pointer GTS 1988 reaviva a paixão dos amantes de carros clássicos e serve como um lembrete do legado duradouro da Volkswagen no mundo automotivo. É um testemunho da qualidade de construção e do design atemporal que caracterizaram os carros dessa época. Portanto, sua preservação é crucial para manter viva a história automotiva.

Passat Pointer GTS 1988 / Foto: Reginaldo de Campinas
Passat Pointer GTS 1988 / Foto: Reginaldo de Campinas

Especificações

O Passat Pointer GTS 1988 apresenta um desempenho notável, com uma aceleração de 0 a 100 km/h em 10,9 segundos e uma velocidade máxima de 170 km/h.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

No que diz respeito ao motor, ele é equipado com um sistema de acionamento do comando por correia dentada e uma alimentação via carburador, com aspiração natural. Possui uma cilindrada de 1781 cm³, com um arranjo de 4 cilindros em linha. Sua potência máxima atinge os 99 cv a uma rotação de 5600 rpm, enquanto o torque máximo é de 14,9 kgfm a 3600 rpm. Assim, a relação de compressão é de 12,3:1. As válvulas são controladas mecanicamente, com 2 válvulas por cilindro.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Em relação à transmissão, o veículo conta com uma embreagem monodisco a seco e uma caixa de câmbio manual de 5 marchas, proporcionando uma tração dianteira.

As dimensões são as seguintes: comprimento de 4262 mm, largura de 1600 mm, altura de 1355 mm e distância entre-eixos de 2470 mm. O peso é de 970 kg, com uma carga útil de 450 kg. O porta-malas tem capacidade para 362 litros e o tanque de combustível comporta 60 litros. A altura do flanco dos pneus é de 111 mm, com pneus dianteiros, traseiros e de estepe medindo 185/60 R14. A suspensão dianteira apresenta independência, sendo do tipo McPherson e equipada com mola helicoidal, enquanto a traseira consiste em um eixo de torção.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Quanto à autonomia, o veículo apresenta um alcance de 594 km em rodovias e 378 km em áreas urbanas. Assim, em termos de consumo, ele registra uma média de 9,9 km/l em rodovias e 6,3 km/l em ambientes urbanos.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Conclusão

O Passat Pointer GTS 1988, mantido intocado por mais de três décadas, é mais do que apenas um carro antigo. É uma cápsula do tempo, transportando-nos de volta para uma era de elegância e inovação na indústria automotiva. Além disso, sua descoberta nos lembra da importância de preservar a história dos automóveis e apreciar os tesouros que resistem ao teste do tempo.

Ademais, este exemplar 0km é um testemunho da dedicação dos colecionadores em preservar a memória dos carros clássicos e inspira uma nova geração de apaixonados por automóveis a valorizar e cuidar dessas relíquias sobre rodas. Que o Passat Pointer GTS 1988 continue a ser admirado e apreciado por muitos anos, mantendo viva a chama da nostalgia e do amor pelos clássicos automotivos.

5 COMENTÁRIOS

  1. Qual a utilidade denun carro PARADO PPR 36 ANOS? Que histórias teve? O que ele comprova quanto ao “teste do tempo”? Absolutamente nada.
    Reportagem pobre para gente cada vez mais pobre…. é jogar pra galera, uma galera que muito brevemente sequer saberá interpretar texto….

  2. Cara, ðesculpa, não fale merda o passat foi um ícone da indústria automobilistica brasileira. Tive dois ano 82 e um pointer ano 88, nada parecido com os carros atuais. Lembre se, quem não sabe de onde vem, não sabe para onde vai!

  3. Tudo bem para quem é colecionador e tal mãos deixar uma beleza desta das pa5ada e igual virar Bello, e causar e nao usar a esposa por 36 anos, já imaginou??? Mais cada um, cada um. Apenas f8ca o registro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui