Intacto por décadas: VW Fusca dos anos 80 segue 0km

3
13926

Imagine-se transportado para o ano de 1986, uma época de inovação e mudança, onde os carros eram mais do que simples veículos, eram símbolos de uma era. Entre esses ícones automotivos, destacava-se o lendário VW Fusca, conhecido por sua durabilidade e charme peculiar. Agora, avance para 2024 e surpreenda-se ao descobrir que um exemplar desse clássico ainda permanece intocado pelo tempo, com incríveis 0 quilômetros rodados.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

A Descoberta do Tesouro

Recentemente, o renomado caçador de raridades automotivas, Reginaldo de Campinas, revelou ao mundo a existência deste verdadeiro tesouro sobre rodas.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Este Fusca Luxo de 1986, em um elegante tom de bege e movido a etanol com um motor 1600, foi encontrado em Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul, e posteriormente transportado para São Paulo. Com apenas 39 quilômetros registrados em seu odômetro, este veículo se destaca como uma autêntica peça de coleção, uma testemunha viva de uma era passada.

VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas

A Preservação Imaculada

O que torna este achado ainda mais extraordinário é o estado impecável em que se encontra. Este Fusca parece ter resistido ao tempo e ao uso, mantendo-se tão imaculado quanto no dia em que saiu da linha de montagem, enquanto muitos carros sofrem os efeitos do tempo. Sua carroceria reluzente e interior imaculado transportam os espectadores de volta a uma época de simplicidade e elegância automotiva.

VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas

O Futuro da Relíquia

Agora, sob os cuidados de um novo colecionador, este Fusca dos anos 80 continuará sua jornada como uma verdadeira relíquia sobre rodas. Sua preservação meticulosa garantirá que as gerações futuras possam apreciar e admirar não apenas a beleza deste carro, mas também a história e o legado que ele representa.

VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas

Especificações

O VW Fusca 1986 apresenta características detalhadas em sua ficha técnica, abrangendo diversos aspectos que influenciam seu desempenho, mecânica, dimensões, aerodinâmica, direção, suspensão, freios, autonomia e consumo.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

No que se refere ao desempenho, o carro atinge uma aceleração de 0 a 100 km/h em 16s, com uma velocidade máxima de 137 km/h. Seu motor, do tipo VW Boxer, possui 1584 cm³ de cilindrada, com 4 cilindros opostos horizontalmente, alimentado por carburador e aspiração natural. Assim, ele produz uma potência máxima de 57 cv a 4200 rpm, com um torque máximo de 11,8 kgfm a 2600 rpm.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

A transmissão é manual, com 4 marchas e tração traseira, acoplada a uma embreagem monodisco a seco. No aspecto dimensional, ele possui 4050 mm de comprimento, 1540 mm de largura e 1500 mm de altura. Ademais, seu peso é de 800 kg, com uma capacidade de carga útil de 380 kg e um porta-malas de 141 litros.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

A aerodinâmica caracteriza-se por uma área frontal de 1,96 m² e um coeficiente de arrasto (Cx) de 0,48. Quanto à direção, não possui assistência e tem um diâmetro de giro de 11,2 m. No que se refere à autonomia e consumo, o veículo apresenta uma autonomia rodoviária de 447 km e urbana de 279 km. Ele apresenta um consumo rodoviário de 10,9 km/l e urbano de 6,8 km/l.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Conclusão

Este achado do Reginaldo de Campinas nos lembra da importância de preservar o patrimônio automotivo, não apenas como artefatos históricos, mas como testemunhos tangíveis de nossa evolução tecnológica e cultural ao longo do tempo. Enquanto nos maravilhamos com a longevidade e o encanto intemporal deste VW Fusca 1986, somos instigados a refletir sobre o que mais pode estar escondido nas sombras do passado, esperando para ser descoberto e apreciado uma vez mais.

Em um mundo onde a obsolescência é muitas vezes inevitável, este Fusca nos lembra da possibilidade de durabilidade e eternidade. Ele é o tipo de clássico que desafia as noções convencionais de tempo e decadência. Que sua jornada continue a inspirar entusiastas automotivos e colecionadores em todo o mundo, provando que, às vezes, a verdadeira beleza está na simplicidade e na resistência ao teste do tempo.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui