Kombi Corujinha 1966: Da Restauração ao Brilho fora do Brasil

0
5602

No mundo automotivo, algumas joias históricas resistem ao teste do tempo, e a Volkswagen Kombi Corujinha de 1966 é, sem dúvida, uma dessas raridades. Esta Kombi passou por uma jornada fascinante, desde sua restauração completa até sua exportação para os Estados Unidos em junho de 2023, onde conquistou corações e olhares no norte do continente.

Kombi Corujinha 1966
Kombi Corujinha 1966 / Foto: Jbotto

Kombi Corujinha – Uma Transformação Brilhante

Esta Kombi passou por uma metamorfose impressionante. Antes da restauração, exibia uma modesta tonalidade azul. No entanto, durante o processo de renovação, a Grumpy’s Metal, de Huntington Beach, Califórnia, substituiu as bandejas de fundo, realizou trabalhos em chapa para incorporar janelas adicionais e abrir um teto solar.

Kombi Corujinha 1966
A Volkswagen Kombi Corujinha 1966 passou por um abrangente processo de restauração / Foto: Jbotto

O resultado? Um espetáculo visual de duas cores – dourado e preto sobre um estofamento de vinil vermelho, destacando-se com listras vermelhas em preto metálico e Pepper Gray. O toque adicional de um teto solar de tecido deslizante, racks de teto, uma escada lateral Macfel e para-brisas estilo safari fazem desta Kombi um verdadeiro ícone sobre rodas.

Kombi Corujinha 1966
Foto: Jbotto

Detalhes que Encantam

A personalização não para por aí. Equipada com rodas Raw Classics de 15 polegadas e pneus Kumho Solus na frente e Aeolus PrecisionAce na traseira, esta Kombi ostenta um visual único. Os freios a tambor em todos os cantos garantem um desempenho clássico.

Kombi Corujinha 1966
O interior clássico deu um toque diferenciado / Foto: Jbotto

No interior, os bancos e painéis laterais foram cuidadosamente refeitos em estofamento de couro sintético vermelho, contrastando com os tapetes pretos recém-instalados. A atenção aos detalhes é evidente, com uma prateleira frontal, quebra-sóis, um encosto de assento traseiro dobrável e até mesmo uma placa de bloqueio com aparência de rádio, trazendo um toque nostálgico.

Kombi Corujinha 1966
Foto: Jbotto

Sob o Capô e Além

O coração desta Kombi é um motor flat-four refrigerado a ar de 1.2 litro, equipado com cabeçotes de cilindro de único porto e um carburador único. A força é transmitida às rodas traseiras através de uma transmissão manual de quatro velocidades, proporcionando uma experiência de condução autêntica.

Kombi Corujinha 1966
Foto: Jbotto

O painel de aço pintado abriga um volante de direção aftermarket com um centro Macfel, à frente de um velocímetro de 100 km/h e um medidor de nível de combustível. Embora o hodômetro de cinco dígitos indique modestos 550 quilômetros, a quilometragem real permanece um mistério, acrescentando um toque de intriga a esta história automotiva única.

O Preço da Exclusividade

Kombi Corujinha 1966
Foto: Jbotto

Tanta singularidade tem seu preço, e esta Kombi encontrou um novo lar nos Estados Unidos por $48,000 dólares (cerca de R$ 235 mil reais). Uma grana que não é investida apenas na posse de um veículo, mas na preservação da história.

Volkswagen Kombi no Brasil

Kombi Corujinha 1966
Foto: Jbotto

A Volkswagen Kombi tem uma história marcante no Brasil, sendo produzida no mercado nacional a partir de 02 de setembro de 1957. Ao longo das décadas, a Kombi tornou-se um ícone do transporte no país, adaptando-se às necessidades variadas da população brasileira. Conhecida carinhosamente como “Corujinha” devido ao seu design frontal, a Kombi se tornou um símbolo cultural.

Sua produção no Brasil perdurou por mais de cinco décadas, encerrando-se em 2013, mas seu legado perdura nas estradas e na memória dos brasileiros como uma peça fundamental da história automotiva do país.

Kombi Corujinha 1966
Foto: Jbotto

Conclusão

Em conclusão, a Volkswagen Kombi Corujinha de 1966 transcende seu status de mero veículo. Ela acabou se tornando uma lenda na América, passando por uma bela jornada de restauração e transformação. Desde o início de sua restauração, até sua exportação para os Estados Unidos em junho de 2023, essa Kombi passou por uma metamorfose brilhante, tornando-se um ícone visual com detalhes personalizados que encantam os amantes de automóveis clássicos.

A atenção meticulosa aos detalhes, desde o exterior deslumbrante até o interior cuidadosamente refeito, destaca-se como um testemunho do compromisso com a preservação da história automotiva. Equipada com características únicas, como o teto solar de tecido deslizante, racks de teto, e uma variedade de elementos estéticos e funcionais, essa Kombi é mais do que um veículo; é uma celebração da nostalgia e do estilo clássico.

Além de sua beleza visual, a Kombi Corujinha carrega consigo a rica herança da Volkswagen no Brasil. O preço significativo pelo qual encontrou um novo lar nos Estados Unidos reflete o reconhecimento de sua exclusividade e importância histórica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui