Tarok: Nova pickup da VW ganha mais uma proposta de design

0
21824

A Volkswagen está pronta para revolucionar o mercado brasileiro com o lançamento de sua nova caminhonete, ainda sem nome definido, mas especulada para ser baseada no conceito Tarok. A confirmação veio no ano passado através do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC), durante uma apresentação para os funcionários da fábrica de São José dos Pinhais (PR) da VW.

Pickup Tarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Pickup Tarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

O Conceito Tarok: Uma Proposta Inovadora

Para os entusiastas automotivos, o conceito Tarok apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018 não é estranho. Com sua proposta de uma picape intermediária, levantou-se a questão sobre a robustez do protótipo e como seria adaptada para produção em massa. No entanto, muitos aguardam ansiosos por novidades sobre seu desenvolvimento.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

O designer brasileiro Kléber Silva, conhecido como KDesignAG, não deixou essa incerteza sem resposta. Usando sua criatividade, ele projetou uma versão da nova pickup, combinando o conceito Tarok com o visual inovador do conceito ID.2 All, resultando em uma proposta visualmente deslumbrante e altamente promissora. Consequentemente, a expectativa em torno da Tarok atingiu níveis ainda mais elevados.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Rumo à Produção: VW 247 ou Tarok?

Internamente conhecida como VW 247, a nova pickup da VW tem como nome potencial a já familiar Tarok. Com a reputação construída pelo conceito de 2018, é provável que a montadora opte por manter esse nome.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Vale destacar que a plataforma MQB, presente no Taos, será a base para essa nova empreitada da Volkswagen. Ademais, essa escolha estratégica pode impulsionar a aceitação do modelo no mercado.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Estratégia de Produção e Tecnologia

A escolha da plataforma MQB-A0, já em uso na produção do T-Cross em São José dos Pinhais, oferece uma solução eficiente e econômica para o desenvolvimento da nova pickup.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Com a possibilidade de compartilhar componentes, como o motor 1.4 turbo e tecnologias, a produção torna-se mais viável. Esta abordagem também evita a necessidade de adaptações significativas na planta de produção, uma vez que o Taos é fabricado na Argentina. Além disso, essa integração facilita a logística de produção e distribuição.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Desafios e Adaptações

Embora o plano original para a Tarok tenha precisado de ajustes, a Volkswagen está determinada a trazer sua nova pickup para o mercado brasileiro. Com um investimento de R$ 16 bilhões garantidos até 2028, a empresa planeja lançar 16 novos produtos no mercado nacional, entre eles, a tão aguardada Tarok. Esta nova proposta promete ser um utilitário acima da Saveiro e abaixo da Amarok, preenchendo uma lacuna estratégica no portfólio da VW.

Pickup Tarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Pickup Tarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Inovação e Expectativas Futuras

Com lançamento previsto para 2026, a Tarok promete trazer mais do que apenas uma proposta visual arrojada. Caso seja equipada com um motor 1.5 turbo flex híbrido, ela oferecerá uma combinação única de desempenho e eficiência energética. A expectativa é alta, não apenas para os aficionados por picapes, mas também para o mercado automotivo como um todo.

Pickup Tarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Pickup Tarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Conclusão

A Volkswagen parece estar disposta a recuperar o tempo perdido e está firmando seus passos rumo à inovação com a nova Tarok. O compromisso com o desenvolvimento de uma picape que não apenas atenda, mas exceda as expectativas dos consumidores brasileiros é evidente em cada aspecto do projeto. Desde a sua concepção até a escolha da plataforma e tecnologia, a VW demonstra sua dedicação em oferecer uma proposta que se destaque no competitivo mercado automotivo. Nesse sentido, a Tarok pode ser um divisor de águas para a marca no segmento das picapes intermediárias.

Com a Tarok, não apenas poderemos testemunhar o resultado de uma colaboração entre talentosos designers e engenheiros, mas também vislumbramos um futuro onde a concorrência no segmento acabará sendo benéfica para os consumidores. Este é um momento interessante para os entusiastas de veículos e para a indústria automotiva como um todo, pois aguardamos ansiosamente por mais essa novidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui