Raridade: VW Parati 1992 Guardada por 32 Anos, Segue 0km

0
44557

Imagine descobrir um tesouro automotivo, algo que parece saído diretamente de uma cápsula do tempo. É exatamente isso que aconteceu recentemente com a descoberta de uma VW Parati GL 1.8 1992, que permanece intocada e com quilometragem zero mesmo após 32 anos desde sua fabricação.

VW Parati GL 1.8 1992 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Parati GL 1.8 1992 / Foto: Reginaldo de Campinas

A Descoberta

A história começa com Reginaldo de Campinas, um verdadeiro caçador de raridades automotivas. Em uma de suas garimpagens, Reginaldo teve a sorte de se deparar com essa preciosidade preservada pelo tempo. Ele compartilhou imagens da mais nova integrante de sua rica garagem nas redes sociais, deixando entusiastas automotivos em êxtase com essa raridade.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Estado Imaculado

Essa descoberta é verdadeiramente extraordinária, sobretudo devido ao estado de conservação impecável do veículo. Desde o interior até os bancos, acessórios e itens de fábrica, tudo permanece intacto, como se o tempo tivesse congelado na época em que o carro saiu da linha de montagem da Volkswagen. Além disso, o achado suscita reflexões sobre o passado e o avanço tecnológico ao longo dos anos.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Potência e Motorização

O veículo em questão possui um conjunto de especificações técnicas notáveis. Com apenas duas portas, sua configuração compacta e ágil promete uma experiência de condução dinâmica. Equipado com um motor AP-1800S, movido a gasolina, e um câmbio manual, ele oferece uma potência de 99 cavalos a 5600 rpm, garantindo uma resposta rápida e eficiente ao acelerador. Além disso, seu torque de 14,9 kgfm a 3600 rpm proporciona uma excelente capacidade de resposta em diversas situações de condução, tornando-o uma escolha empolgante para os entusiastas automotivos.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Em termos visuais, o carro se destaca com sua elegante cor cinza, adicionando uma dose de sobriedade e sofisticação ao seu design. Essas especificações combinadas conferem ao veículo uma identidade única, que certamente atrairá os olhares por onde quer que passe, enquanto proporciona uma experiência de condução emocionante e envolvente.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Especificações Técnicas

  • Portas: 2 Portas
  • Combustível: Gasolina
  • Câmbio: Manual
  • Cor: Cinza
  • Potência: 99 cv a 5600 rpm
  • Torque: 14,9 kgfm a 3600 rpm
  • Motor: AP-1800S

É como se essa Parati estivesse congelada no tempo, pronta para levar seus ocupantes de volta aos anos 90, com toda a nostalgia e charme daquela época.

VW Parati GL 1.8 1992 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Parati GL 1.8 1992 / Foto: Reginaldo de Campinas

Um Gostinho do Passado

Para muitos entusiastas automotivos, deparar-se com uma relíquia como essa transcende a mera descoberta. É uma oportunidade única de revisitar uma era passada, repleta de memórias e emoções intimamente ligadas a esses veículos clássicos. A Parati 1992 não é apenas um carro; é um legado vivo da história automotiva do Brasil, meticulosamente preservado para que as gerações futuras possam apreciar e entender a evolução do mundo automobilístico ao longo do tempo.

VW Parati GL 1.8 1992 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Parati GL 1.8 1992 / Foto: Reginaldo de Campinas

A VW Parati no Brasil

A história da VW Parati no Brasil está intrinsecamente ligada à introdução da Família BX pela Volkswagen do Brasil no início da década de 1980. Com a construção da nova fábrica da Volkswagen em Taubaté, São Paulo, a empresa deu início à produção de uma linha de veículos que viria a ser icônica para o mercado brasileiro. A Família BX deu origem a modelos como o VW Gol, Voyage, Parati e Saveiro.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

A Volkswagen Parati foi um dos modelos mais emblemáticos da marca no Brasil, oferecendo versatilidade e espaço para os consumidores durante muitos anos. No entanto, sua trajetória chegou ao fim em 2012, quando a Volkswagen decidiu encerrar sua produção.

Vários fatores contribuíram para a decisão de descontinuar a Parati. Entre eles, estava a mudança nas preferências dos consumidores. Além disso, o mercado de station wagons estava em declínio, com uma preferência crescente por SUVs e veículos compactos.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Conclusão

A descoberta de uma Volkswagen Parati GL 1.8 1992 em estado de quilometragem zero é um lembrete encantador do poder que os automóveis têm de nos transportar no tempo. É uma celebração não apenas da engenharia automotiva, mas também das histórias e das memórias que esses veículos carregam consigo. Assim, que essa Parati continue a contar sua história por muitos anos, inspirando admiradores e entusiastas de carros clássicos em todo o mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui