Um Clássico VW Fusca Azul 0km e Seu Estado Imaculado

0
47582

O VW Fusca é, sem dúvida, um dos carros mais icônicos de todos os tempos. Sua popularidade transcende gerações e fronteiras, tornando-o um símbolo universal da indústria automotiva. Encontrar exemplares desse carro lendário 0km nos dias atuais é uma tarefa extremamente desafiadora. Contudo, o Paulista Reginaldo de Campinas, renomado colecionador e caçador de raridades automotivas, sempre encontra uma maneira de surpreender os entusiastas de carros clássicos.

VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas

A Descoberta de um Tesouro

Recentemente, Reginaldo compartilhou com seus seguidores a descoberta de mais um clássico: um belo e raro VW Fusca na cor azul, ano 1986, com impressionantes 1.828 km rodados, praticamente 0km. Essa descoberta não é apenas notável pela baixa quilometragem, mas também pelo estado imaculado em que o carro se encontra.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Preservação Impecável

Passados 38 anos desde que saiu da linha de montagem, este Fusca permanece impecável. Preservado minuciosamente por quase quatro décadas, o carro apresentado por Reginaldo de Campinas é um verdadeiro tesouro automotivo.

VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas

Este Fusca azul exala originalidade e ainda preserva todos os itens originais de fábrica, desde a pintura até os detalhes internos, passando pelo motor e os pneus. É como uma cápsula do tempo, oferecendo um vislumbre raro do passado glorioso da Volkswagen. Portanto, sua preservação meticulosa destaca a importância de manter vivas as memórias automotivas.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

A Importância da Conservação

A conservação de carros clássicos como este Fusca azul é de suma importância para a preservação da história automotiva. Exemplares em estado tão original são raros e preciosos, proporcionando uma conexão tangível com o passado e uma referência autêntica para futuras gerações.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

O trabalho de colecionadores e caçadores de raridades no Brasil e no mundo nos dias atuais é essencial para manter viva a herança automotiva. Assim, cada veículo preservado é uma peça fundamental na narrativa da evolução automobilística nos quatro cantos do planeta.

VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas
VW Fusca 1986 / Foto: Reginaldo de Campinas

Especificações

Clássico e icônico, o VW Fusca de 1986 é impulsionado por um motor 1.6 Boxer de 4 cilindros refrigerado a ar, proporcionando uma cilindrada de 1584 cm³. Com potência máxima de 58,7 cv a 4300 rpm e torque máximo de 11,9 kgfm a 2800 rpm, sua transmissão é manual de 4 marchas, com tração traseira. Essas características mecânicas garantem uma experiência de condução nostálgica e cheia de personalidade.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

A suspensão dianteira é independente, utilizando barra de torção e amortecedores telescópicos, enquanto a traseira é composta por eixo rígido, barra de torção e amortecedores telescópicos. Equipado com freios a tambor nas quatro rodas, o veículo pesa 796 kg e possui dimensões de 4050 mm de comprimento, 1540 mm de largura e 1500 mm de altura, com uma distância entre-eixos de 2400 mm. Essas características mecânicas tornam o VW Fusca de 1986 não apenas um clássico admirado, mas também uma opção fascinante para colecionadores e entusiastas de carros históricos.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Em termos de desempenho, o VW Fusca de 1986 alcança uma aceleração de 0 a 100 km/h em 14,3 segundos e atinge uma velocidade máxima de 140,2 km/h. Quanto ao consumo, ele faz 8,4 km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada. Isso acaba proporcionando uma autonomia de 344 km na cidade e 398 km na estrada com seu tanque de 41 litros. O porta-malas tem capacidade para 141 litros, e a carga útil é de 380 kg. Esses números destacam o equilíbrio entre eficiência e desempenho que o tornaram um favorito entre os entusiastas de carros clássicos.

Foto: Reginaldo de Campinas
Foto: Reginaldo de Campinas

Conclusão

O VW Fusca azul de 1986 com apenas 1.828 km rodados é um exemplo impressionante da durabilidade e do apelo atemporal desse modelo clássico. Graças a apaixonados por carros como o brilhante caçador de raridades Reginaldo de Campinas, podemos continuar a apreciar e celebrar esses tesouros automotivos. Entretanto, cada descoberta de um carro clássico em estado imaculado é uma celebração da história e da engenhosidade automotiva, mantendo vivo o legado de ícones como o VW Fusca para as futuras gerações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui