Nova Pickup GWM Poer: O Que Esperar do Lançamento?

0
4540

O mercado automotivo nacional segue cheio de novos lançamentos e novidades. O lançamento da nova pickup GWM Poer, que acontece no próximo ano, é aguardado com muita expectativa.

Pickup Poer / Foto: GWM
Pickup Poer / Foto: GWM

Visual e Plataforma

A pickup GWM Poer deve chegar ao Brasil com visual substancialmente modificado em relação ao modelo existente hoje em mercados como a própria China. Seu conjunto motriz, chamado Hi4-T, é bem diferente do sistema DHT presente no Haval H6. Para começar, a plataforma da Poer será de carroceria sobre chassi de longarina e não monobloco. Assim, o sistema de tração 4×4 é convencional, com direito a eixo cardã e diferencial traseiro mecânico blocante. Há, também, a opção de bloqueio do diferencial dianteiro.

Foto: GWM
Foto: GWM

Motor e Desempenho

Chamado E20NB, o motor 2.0 turbo de quatro cilindros e 16V, com injeção direta de combustível, opera em ciclo Miller (com ampliação da fase de expansão da câmara e abertura das válvulas de admissão). Porém, ele tem comandos de válvula variáveis e escape em dois estágios. Sozinho, rende 255 cv de potência e 38,7 kgfm de torque, alcançando uma impressionante eficiência térmica de 38,3%.

Foto: GWM
Foto: GWM

Sistema Híbrido

São dois os motores elétricos de tração, capazes de atuar de maneira independente do motor a combustão ou em conjunto com este. Juntos, rendem 163 cv, perfazendo uma potência combinada de 408 cv e um torque combinado de 76,5 kgfm. Além disso, o câmbio, chamado 9HAT, é automático de nove marchas, dedicado a motorizações híbridas.

Foto: GWM
Foto: GWM

Bateria e Autonomia

Há chances de que o conjunto venha em seu estágio mais atualizado, chamado Hi4-Z, dotado de um conjunto de baterias de íons de lítio do tipo NMC (níquel-manganês-cobalto), com 59,05 kWh de capacidade. Ademais, com ela, a ideia é dar à Poer nacional uma autonomia de cerca de 150 km em modo apenas elétrico, além de um consumo de combustível acima de 10 km/l. Entretanto, é esperado que o veículo consiga rodar de 800 km a 1.000 km com baterias carregadas e tanque cheio.

Foto: GWM
Foto: GWM

Especificações Técnicas

A GWM Poer PHEV Hi4-T é uma picape híbrida plug-in equipada com um motor a gasolina de 2.0 litros, localizado longitudinalmente na parte dianteira do veículo. Este motor possui 4 cilindros em linha, 16 válvulas e é turboalimentado com injeção direta, operando no ciclo Miller. Ele é combinado com dois motores elétricos. Dessa forma, a potência total combinada do sistema híbrido é de impressionantes 408 cv, com um torque combinado de 76,5 kgfm.

Foto: GWM
Foto: GWM

O câmbio automático de 9 marchas e o sistema de tração 4×4 com bloqueio de diferencial e reduzida garantem um desempenho robusto, embora a marca não tenha divulgado o tempo de aceleração de 0 a 100 km/h. A direção é elétrica, proporcionando uma condução mais precisa e leve.

Foto: GWM
Foto: GWM

O sistema de suspensão do GWM Poer PHEV Hi4-T apresenta sofisticação, com suspensão Duplo-A na dianteira e um eixo rígido com molas helicoidais na traseira. Os freios são de discos ventilados tanto na frente quanto atrás, garantindo uma frenagem eficiente. Os pneus são de tamanho 265/60 R18, montados em rodas de 18 polegadas. Portanto, todos esses componentes juntos asseguram um desempenho de condução superior e uma experiência de direção excepcional.

Pickup Poer / Foto: GWM
Pickup Poer / Foto: GWM

Dimensões e Capacidade

Em termos de dimensões, a picape possui 5,45 metros de comprimento, 1,99 metros de largura (sem os retrovisores) e 1,90 metros de altura, com uma distância entre-eixos de 3,35 metros. O tanque de combustível tem capacidade para 70 litros, enquanto a bateria tem uma capacidade de 37,1 kWh. O peso total do veículo é de 2.270 kg.

Pickup Poer / Foto: GWM
Pickup Poer / Foto: GWM

Conclusão

A nova pickup GWM Poer promete revolucionar o mercado de picapes no Brasil com suas avançadas tecnologias híbridas, potência impressionante e robustez. Combinando a eficiência de um motor turbo com a potência adicional dos motores elétricos, a Poer está pronta para enfrentar qualquer desafio, seja nas cidades ou nas estradas mais difíceis. Assim, a expectativa é alta, e os consumidores mal podem esperar para ver essa máquina em ação nas ruas e estradas brasileiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui