Vem ao Brasil? Novo Everest ostenta V6 e muita versatilidade

2
37754

Poucos SUVs despertam tanto desejo no Brasil quanto o novo Ford Everest que ficou ainda mais robusto em 2024. No entanto, diante de tantas especulações, a grande pergunta que persiste é: O nova Ford Everest vem para o Brasil? Essa não é uma resposta simples, pois depende de diversos fatores.

Novo Ford Everest / Foto: France Joshua
Novo Ford Everest / France Joshua

A montadora norte-americana não quer falhar em sua estratégia no Brasil. Inicialmente, a Ford está concentrada na consolidação da nova Ford Ranger, que, embora ainda esteja distante da líder Hilux em vendas, a cada dia conquista mais espaço em relação à Chevrolet S10 e tem a tendência de se consolidar como a segunda picape mais vendida em nosso mercado. O lançamento do Novo Ford Everest no Brasil, mesmo sendo fabricado na mesma fábrica da Argentina que produz a nova Ranger, demandaria um certo investimento e muitos riscos, que, à primeira vista, a Ford parece não estar disposta a correr.

Novo Ford Everest / Foto: France Joshua
Novo Ford Everest / France Joshua

A alternativa de importar o carro diretamente da Tailândia torna-se inviável devido à alta carga tributária, o que o tornaria incapaz de competir com outros veículos de produção nacional, como a Toyota Hilux SW4 e o Chevrolet Trailblazer.

Dessa forma, em um primeiro momento, a única chance de o Ford Everest chegar ao Brasil seria se a nova Ranger alcançasse grande sucesso no mercado nacional. Com o sucesso futuro da Ranger, a Ford não terá outra alternativa senão aproveitar o êxito da picape e trazer o badalado SUV, que é derivado da Ranger, para o nosso mercado. No entanto, tudo ainda está envolto em muito mistério e especulação. No momento, a única certeza que temos é que o Everest é um carro excepcional, conforme você pode conferir nas especificações abaixo.

Novo Ford Everest / Foto: France Joshua
Novo Ford Everest / France Joshua

Explorando o novo Ford Everest

Projetado com um foco especial em desempenho off-road. Com diversas variantes disponíveis, como o Everest Wildtrak, Sport, Platinum e Titanium, o Ford Everest oferece uma variedade de opções para os consumidores em diferentes mercados.

O Ford Everest se destaca com um conjunto de rodas de liga leve fosca de 20 polegadas, acompanhadas por pneus off-road, que são padrão em algumas versões. No entanto, a personalização não para por aí, pois os consumidores têm a opção de escolher rodas de 18 polegadas e pneus off-road sem custo adicional. Essa flexibilidade permite que os motoristas adaptem seu Everest de acordo com suas preferências de estilo e desempenho.

Luxo e Conforto

Foto: France Joshua
Foto: France Joshua

As versões Titanium e Wildtrak elevam o interior do Ford Everest para um nível de luxo, proporcionando assentos revestidos de couro, assento do motorista ajustável eletricamente em 10 posições com aquecimento e resfriamento, teto solar panorâmico, uma câmera de 360 graus e iluminação ambiente interna. Esses recursos não apenas aprimoram o conforto, mas também diferenciam essas versões dentro da linha Everest.

Novo Ford Everest / Foto: France Joshua
Novo Ford Everest / France Joshua

Espaço Amplo

Ao adentrar a cabine espaçosa do Everest, é evidente que o veículo oferece um ambiente confortável em todas as três fileiras. O ajuste e acabamento impressionantes, especialmente nas versões topo de linha, proporcionam uma sensação agradável ao toque. A capacidade de ajustar a segunda fileira para frente e para trás, juntamente com as comodidades adicionais, fazem do Everest uma escolha ideal.

Foto: France Joshua
Foto: France Joshua

O porta-malas com abertura elétrica revela um espaço versátil, com 259 litros com a terceira fileira em uso, 898 litros com a terceira fileira dobrada e um total de 1823 litros com todas as fileiras dobradas. Essa adaptabilidade torna o Everest uma opção prática para viagens longas ou aventuras off-road.

Tecnologia e Conectividade

O Ford Everest incorpora o sistema de entretenimento Sync 4 da Ford, com uma tela de 12 polegadas montada em retrato. Essa interface brilhante e colorida oferece não apenas entretenimento, mas também funcionalidades úteis, como operar o Apple CarPlay ou Android Auto sem fio. Além disso, o sistema pode ser conectado ao aplicativo FordPass para monitorar dados de combustível, agendamentos de serviço e até mesmo iniciar o carro remotamente.

Novo Ford Everest / Foto: France Joshua
Novo Ford Everest / Foto: France Joshua

Segurança

Testada em 2022, toda a linha Ford Everest recebeu uma classificação de segurança ANCAP de cinco estrelas, válida até dezembro de 2028. A ANCAP reconheceu o Everest por sua excelente proteção, com destaque para a Proteção de Ocupantes Adultos (86%) e Proteção de Ocupantes Infantis (93%).

O Everest é equipado com um conjunto abrangente de tecnologias de segurança, incluindo freio autônomo de emergência, detecção de interseção, assistência de permanência em faixa, monitoramento de ponto cego e sensores de estacionamento. Com nove airbags, incluindo airbags para joelhos do motorista e passageiro dianteiro, o Everest prioriza a proteção física dos ocupantes.

Novo Ford Everest / Foto: France Joshua
Novo Ford Everest / France Joshua

Desempenho e Eficiência de Combustível

Com motor V6 turbo diesel de 3.0 litros e 250 cavalos a 3.250rpm nas versões topo de linha, o Everest entrega mais que o esperado. Com uma classificação de economia de combustível de 8,5L/100km no ciclo combinado, o SUV possui um tanque de combustível de 80 litros, proporcionando uma impressionante autonomia de até 750 km entre abastecimentos.

Foto: France Joshua
Foto: France Joshua

Conclusão

O SUV ainda segue sem previsão de chegada ao Brasil, porém a cada dia se torna evidente que ele seria muito bem vindo. O Ford Everest destaca-se como um SUV off-road de sete lugares que combina luxo, tecnologia e desempenho adequado. Com uma atenção cuidadosa à segurança e ao conforto, o Everest seria um carro interessante para desbravar as nossas estradas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Agora que a Ford tornou-se uma importadora deveria trazer via Tailândia umas unidades para testar o mercado, poderia vender estas unidades pelo preço aproximado do que custaria se fosse produzido em Pacheco na Argentina e ter uma noção do potencial de ganho de mercado. É um veículo anos luz à frente de sw4 e do camburão da GM.

  2. Se até a Ranger Raptor já é importada da Tailândia, não compreendo a reticência da Ford em trazer a Everest. Tenho certeza que seria um sucesso tremendo. Um carro sem igual na categoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui