A caminho: Nova Amarok aposta em Facelift para ganhar espaço

3
29404

A Volkswagen tem enfrentado dificuldades para manter sua posição no mercado brasileiro nos últimos anos. Com concorrentes ganhando força, a montadora alemã decidiu reagir e preparar mudanças significativas em sua linha de veículos. Um dos lançamentos mais aguardados é a nova versão da Amarok, que está prevista para chegar ao Brasil em agosto de 2024.

Amarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Amarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

O Facelift da Nova Amarok

Apesar de não se tratar de uma nova geração, a Volkswagen está apostando em um facelift significativo para a Amarok. Portanto, o modelo, produzido na fábrica de General Pacheco, na Argentina, chegará ao Brasil com um design renovado que, embora não revolucionário, promete atrair a atenção dos consumidores.

Amarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Amarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

As mudanças no design exterior incluem uma nova frente inspirada na Saveiro, com uma grade dianteira integrada aos faróis e luzes de neblina em posição vertical. A barra cromada central, característica do modelo compacto, também estará presente na nova Amarok. Além disso, o para-choque mais robusto e a entrada de ar ampliada completam o visual atualizado da picape.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Detalhes Técnicos e Motorização

A nova Amarok que chegará ao mercado brasileiro manterá o motor 3.0 V6 turbodiesel, capaz de gerar 258 cv de potência e 59,1 kgf/m de torque. Esse motor trabalha em conjunto com um câmbio automático de 8 velocidades e tração integral 4Motion. Assim, essa combinação mecânica continuará a ser um dos pontos fortes da Amarok, oferecendo desempenho e robustez para enfrentar diversos tipos de terrenos e condições de uso.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Na Argentina, a Volkswagen oferecerá uma opção adicional com um motor 2.0 turbodiesel de 180 cv e torque de 42,8 kgf/m, que será uma alternativa mais acessível em relação à versão brasileira.

Amarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Amarok Concept / Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Comparações e Competitividade

Para se manter competitiva frente a rivais como Toyota Hilux, Ford Ranger e a recém-renovada Chevrolet S10, a nova Amarok contará com melhorias internas significativas. Espera-se que o interior receba uma central multimídia atualizada com sistema VW Play, painel de instrumentos digital e novos acabamentos. Além disso, sistemas de assistência à condução também serão incorporados, elevando o nível de segurança e conforto.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Atualmente, a Amarok está disponível no Brasil em três versões, todas equipadas com o motor 3.0 V6 turbodiesel. Os preços variam entre R$ 298.430 para a versão Comfortline e R$ 337.280 para a versão Extreme.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

A Amarok no Brasil

A tradicional Volkswagen Amarok chegou ao Brasil em 2010, marcando a entrada da VW no segmento de picapes médias. Com um design moderno, interior espaçoso e inicialmente equipada com um motor 2.0 TDI turbodiesel, a Amarok foi bem recebida no mercado brasileiro. Posicionada como uma opção premium, competiu diretamente com modelos estabelecidos como Toyota Hilux, Chevrolet S10 e Ford Ranger. Ao longo dos anos, a Amarok enfrentou desafios típicos do mercado brasileiro, incluindo a necessidade de adaptações para atender às demandas locais, como capacidade de carga e resistência a condições adversas de estradas.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Produzida na fábrica da Volkswagen em Pacheco, na Argentina, a Amarok beneficiou-se da proximidade geográfica para facilitar a logística e reduzir custos de importação, assim mantendo-se competitiva. Além disso, a VW continuou a investir na picape, lançando atualizações periódicas que incluíram melhorias em tecnologia embarcada, novas opções de motorização e transmissão, consolidando sua reputação como uma escolha bem interessante e confortável para trabalho e lazer no Brasil.

Foto: Kleber Silva (KDesignAG)
Foto: Kleber Silva (KDesignAG)

Conclusão

A Volkswagen está apostando no facelift da Amarok para recuperar terreno no competitivo mercado brasileiro de picapes. Assim, com um design atualizado e mantendo o poderoso conjunto mecânico, a nova Amarok tem tudo para atrair a atenção dos consumidores. As melhorias no interior e a inclusão de tecnologias modernas são estratégias para enfrentar concorrentes de peso e conquistar uma fatia maior do mercado. Resta agora esperar até o próximo mês de agosto para ver como essa reestilização será recebida pelos consumidores brasileiros.

3 COMENTÁRIOS

  1. Já tive Ranger, S10 e atualmente a Amarok. Não troco por nada. Ela combina conforto com potencia. O desenho externo pra mim é irrelevante. Eu uso o carro pelo lado de dentro, não pelo lado de fora, afinal.

  2. Fazem agente ter a expectativa da sul Africana vir para o Brasil e apresentam essa coisa horrível aí. PQP!!! Vai tomar taça da concorrência. A atual é muito mais bonita e imponente. Cagaram o carro!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui